Wiki Chaves
Advertisement
A Limpeza do Pátio
Limpeza76grande
Episódio de Chaves
Título Original Barriendo el Patio
Elenco Roberto Gómez Bolaños
Carlos Villagrán
Ramón Valdez
Florinda Meza
Maria Antonieta de las Nieves
Versão 1
Exibição 1976
Anterior Matando Aula
Próximo Chegou o Leiteiro!
Dublagens MAGA: 1 Dublagem (1984)
Obs.: A partir desse episódio, o número de remakes cresceu muito até 1979, quando a saída de Quico e Seu Madruga obrigou Chespirito a criar novas histórias.
Direção Enrique Segoviano

A Limpeza do Pátio (no original Barriendo el Patio) é o primeiro episódio do Chaves da temporada de 1976. Este é o primeiro episódio devido o Matando Aula ser perdido mundialmente.

Sinopse[]

Quico brinca com carrinhos no chão do pátio na água Chiquinha apavora com a sirene da ambulância e depois quer brincar com seus carrinhos do Quico ele nega, Dona Florinda assusta com os gritos depois cobriu o lençol ela pediu se brincar-se em silêncio Seu Madruga lendo o jornal chega e tropeça com Kiko Florinda brava pois agora ele vai ter que lavar as mãos Chaves chega com a caixa de papelão e Tropeça ela se fez de propósito Chiquinha chega com pirulito de sentir a culpa da Dona Florinda até o Kiko falaria de Anciã,todos discutam Chaves me chamaram de "Velha Acabada" depois quer perdoar Quico Nega e ele fala com "A Mula e não com seus Carrapatos",e eles reclamam Seu Madruga pede pra aguentar os gritos de tudo por quanto isso Dona Florinda quer pegar a vassoura do Seu Madruga para começar á varrer eles fala até com as mulas e não os carrapatos Madruga começou a varrer no pátio pra ficar bem limpo!

Depois nisso Seu Madruga limpou tudo no pátio depois pegou o palito para fumar o cigarro Dona Florinda chega e empurra com Chaves na caixa de latas vazias,Chiquinha aparece e joga no plástico de pirulito no chão seu Pai Nervoso que não deve jogar no chão do pátio;Quico sai e come uma banana depois Seu Madruga jogou no chão com a casca de banana Dona Florinda chega raiva de lhe jogar as porcarias no chão Kiko suja a roupa do Seu Madruga com banana Chaves tropeça com a caixa com Seu Madruga más é aquilo porque não podia vender as caixas de latas vazias e depois juntou tudo as latinhas e menos a casca de banana más agora nisso sujou no pátio;Quico chega e escorrega na casca de banana Dona Florinda não sabe que essa sujeira no pátio porque é aquilo o que se joga no chão depois dá bofetada Kiko fica as mãos limpinhas Chaves fala se a Vovózinha será Escorregenta e apanhou Chiquinha pegou o lata de lixo e jogou na porta da casa!

Chiquinha pede pro seu pai para recolher todo esse pátio rapidamente e ela chora Seu Madruga fala porque eu não quero tornar a escorregar com o certo maluco Quico sente a culpa porque não era maluco por lhe causaria de ter escorregado em uma casca de banana aqui no pátio;Seu Madruga escorregou Chiquinha bate na caixa de papelão com Quico depois sai correndo.Chaves deixou uma caixa de papelão quando a Chiquinha levou Seu Madruga junta com as latas vazias e joga no chão,Enquanto isso Chaves juntou com as latinhas de novo depois Chiquinha e quico derruba as latas mais uma vez e corre;Seu Madruga continua pegar as latas enquanto aí vem eles Chaves derruba no chão com as latas,e finalmente Chaves carregou completa pelas latas vazias Seu Madruga espie com a Chiquinha e Quico que estão brigando depois Chiquinha solta a caixa de papelão e o Chaves fica cego de lhe ter jogado na caixa de papelão e cai na janela Dona Florinda aconteceu com seu filho depois dá bofetada Quico continua com as mãos limpas.Florinda espera porquanto começar a varrer no pátio Seu Madruga começou a varrer em tudo com os papéis a Chiquinha pegou um vaso de terra,Dona Florinda pegou uma vassoura para limpar tudo isso Kiko pegou também o vaso e o Chaves derruba todas as latas vazias no pátio!

Atores e Dubladores[]

Atores[]

Dublagem Maga (1984)[]

Citações[]

Quico: Nossa! Vou precisar de uma ambulância! Uma ambulância! Chamando uma ambulância no centro do cruzamento! Depressa! Uma ambulância! Rápido! Mandem uma ambulância ao local do acidente!
[Chiquinha aparece; Quico começa a gritar]
Chiquinha: Quico! Quico! Pelo amor de Deus, quê que foi?! O quê que foi?! O quê que foi?!
Quico: Besta! É a sirene da ambulância! Comigo não aconteceu nada, mas veja só o que aconteceu com meus carrinhos. Estão bem feridos, pobrezinhos.
Chiquinha: Quico. Deixa eu brincar com seus carrinhos?
Quico: Não! Carrinhos são brinquedos de homens, não de mulheres.
Chiquinha: Não faz mal,
Quico: Ah, é? Eu tô enjoado de pirulitos.
[Quico imita a sirene de ambulância e Dona Florinda grita]
Quico: Não acha que seria melhor pendurar esse lençol aí do varal?
Dona Florinda: É que você me assustou desse grito!
Quico: Mas que grito, mamãe? Era a sirene de ambulância.
Dona Florinda: Gritasse em silêncio.
[Quico olhou para a tela]
Dona Florinda: Quer dizer, se brincar em silencio.
Quico: Bom, eu vou ver se dar
[Seu Madruga tropessou em Quico]
Quico: Ai, ai, ai, ai, ai! Ai, Mamãe!!
Dona Florinda: O quê aconteceu?
Quico: Ele pisou em mim!
Dona Florinda:
Seu Madruga: Em primeiro lugar, eu tropessei nele
Dona Florinda: Pois, devia tomar banho mais vezes, seu porco!!
[Dona Florinda deu tapa em Seu Madruga]
Dona Florinda: Vamos, meu tesouro. Não se misture com essa gentalha.
Quico: Sim, mamãe. Gentalha, gentalha! Prrr! [Quico bateu em Seu Madruga com o caminhão de brinquedo]
Chaves: Foi sem querer querendo!
Quico: É mentira! Você fez de propósito!
Chaves: Eu?!
Chiquinha: Aha! Tão grandona brincando com as poças de lama!
Quico: Minha mãe não está brincando! Ela brinca quando são meninas, não quando são anciãs!
Dona Florinda: Tesouro!
Quico: O que acontece é que o Chaves a empurrou!
Chaves: Não, não, não, eu tropessei em você!
[Todos descutem]
Dona Florinda: Silêncio! SI-LÊN-CIO!
Chaves: E depois eu não ia derrubar uma velha acabada dessa!
Dona Florinda: Você disse "velha acabada"?!
Chaves: Ai, me escapuliu... Me perdoa?
Quico: Não!
Chaves: Eu estou falando com a mula, não com os seus carrapatos!
Dona Florinda: Como é que é?
Chaves: Ih! Outra vez me escapuliu!
[os quatro começam a discutir]
Seu Madruga: SI-LÊN-CIO!
Dona Florinda: Porque está desculpado... [Dona Florinda se vira e o encara]
Seu Madruga: Podem continuar a discutir.
[Seu Madruga se vira para sair, mas Dona Florinda o puxa pela roupa]
Dona Florinda: [gritando entre dentes] Venha cá!
Seu Madruga: Quê que foi, quê que foi, quê que há?
Dona Florinda: Cale essa boca!
Seu Madruga: Olha aqui, senhora--
Dona Florinda: Cale essa boca!
Seu Madruga: Escuta aqui, a senhora não tem o direito de--
Quico: Cala a boca!! [os dois se encaram silenciosamente] Com licencinha...
Chiquinha: [arfada] Papai, vai aguentar os gritos do Quico?!
Seu Madruga: [olha para Dona Florinda] [risos] Ele tava brincando...
Dona Florinda: Bem, agora chega. Pegue esta vassoura!
Seu Madruga: Como disse?
Dona Florinda: Quero que pegue esta vassoura!
Chaves: Mas não é dele, é da porteira da nossa vila!
Dona Florinda: Estou falando com a mula, não com seus carrapatos!
Seu Madruga: [Risos] Viu só, Chaves? Isso é pra você não se meter no... Como disse?
Dona Florinda: Deixa pra lá e pegue esta vassoura!
Seu Madruga: Escute aqui, escute aqui direito! Se a senhora pensa que eu vou-- [Dona Florinda arregaça suas mangas] Pegar a vassoura do chão, fique sabendo que tem toda a razão.
Chiquinha: Papai! Vai ficar recebendo ordens dessa velha acabada?
Seu Madruga: [mexendo as mãos] Ela tava brincando, filha!
Quico: Mamãe! Vai deixar que ela te chame de "velha acabada"?
Chaves: [mexendo as mãos] Ela estava brincando!
Quico: Estou falando com a mula! Não com os seus carrapatos!
Dona Florinda: Tesouro!
Quico: Mamãe!
[Seu Madruga e Chiquinha deram risadas]
Seu Madruga: [para Chiquinha] Você viu só? "Eu estou falando com a mula! Não com os seu carrapatos!" [parou de rir e olhou para Dona Florinda] Veja, já peguei a vassoura. Tá... tá bem segura.
Dona Florinda: Que bom. Agora, pode começar a varrer o pátio. Até nem mais nem um pouco de água e nenhuma sujeira.
Seu Madruga: Quer que eu começo a varrer o pátio?
Dona Florinda: SIM!
Seu Madruga: Bom, pra falar a verdade. Bem que tá precisando de uma limpezinha isso aqui. Com licença. [para Quico] Com licença, tesouro.
Quico: Ah, sim senhor. Como não?
Dona Florinda: O palito também é sujeira!
Chaves: Foi sem querer querendo.
[Seu Madruga sai de casa]
Seu Madruga: O que houve?
Dona Florinda: O Chaves me derrubou!
Seu Madruga: Mas que coisa! E no pátio que eu acabei de limpar?! [olhando para Dona Florinda] Digo, [para Chaves] Chaves, vê se presta atenção o que faz?
Chaves: É que eu não podia ver, porque...
Seu Madruga: Vai, vai, vai, vai!
Chiquinha: Papai, já cheguei.
[Chiquinha joga o papel do pirulito no chão]
Seu Madruga: Já vi. CHIQUINHA!!
Chiquinha: Fala, paizinho, lindo, meu amor, que coisa mais bonita do papai.
Seu Madruga: Você poderia me dizer o que é isso?
Chiquinha: Sim, papai. É o chão do pátio.
Seu Madruga: Me refiro o papel que você jogou!
Chiquinha: Ah! Isso?
Seu Madruga: Sim, o que é isso?
Chiquinha: Pois, é o papel que acaba de jogar.
Seu Madruga: Eu quero dizer, por quê não jogou na lata de lixo?
Chiquinha: Ah, não, papai, a lata de lixo está muito longe!
Seu Madruga: E o que importa?! Quantas vezes eu disse que não pra jogar no pátio da vila?! [Seu Madruga joga o cigarro no chão] Responde!!
Chiquinha: Sabia que caiu o cigarro justo no chão do pátio da vila?
Seu Madruga: É que os cigarros
Chiquinha: Ah, não liga!
Seu Madruga: Bom, mas não mude de assunto. Agora de castigo. Você vai procurar a lata de lixo pra jogar o papel que jogou no chão!
Chiquinha: EEUU?!
Seu Madruga: Sim! Você!
Chiquinha: Sim, eu.
Quico: Ai que delícia.
Quico: O senhor gosta? [dando pausa] Poder comer essa.
Seu Madruga: Obrigado.
Quico: De nada. [Seu Madruga joga a banana no chão] É o senhor que não gosta de bananas, né?
Seu Madruga: N-A-O tio! Nâo!
Quico: Pois, eu sim. Mmm, eu adoro bananas.
[Seu Madruga volta a jogar a banana no chão]
Dona Florinda: De novo! Jogando o lixo no chão!
Seu Madruga: Ah, escuta, não, um momentinho. Essa banana era do Quico. [Para Quico] Não é verdade?
Quico: Sim, mas, não importa. Eu tenho outra.
Seu Madruga: Já sei, já sei, já sei. Você vai dizer que foi sem querer querendo.
Chaves: Eu juntei todas essas latas vazias porque tem lá fora na esquina um senhor que compra latas vazias, e como eu já estava há 4 semanas juntando latas vazias, eu resolvi vender as latas va--
Seu Madruga: CHEGA! Me ajuda a recolher essas porcarias, vai!
Chaves: Só que não são porcarias não, são latas vazias, porque o homem compra latas vazias.
[Seu Madruga coloca a casca de banana dentro da caixa]
Chaves: Não, o homem lá não compra cascas de banana não, [joga casca no pátio] só latas vazias.
[Seu Madruga pega a casca e joga de volta; Chaves e Seu Madruga ficam jogando cascas pra dentro e pra fora da caixa]
Seu Madruga: E reclama quando vem alguém e te bate.
Chaves: Comigo ninguém tem paciência!
Seu Madruga: "Comigo ninguém tem paciência!" Você sabe o que pode acontecer a uma pessoa se pisar em uma casca de banana?
[Quico vem andando e escorrega na casca]
Seu Madruga: Tá vendo? Isto é o que pode acontecer!
Quico: Ai, mamãe!
Dona Florinda: Tesouro! Anjinho meu! O quê aconteceu?
Chaves: Escorregou em uma nasca de bacana!
Seu Madurga: Em uma casca de banana, Chaves!
Chaves: Seu Madruga, sua avozinha é muita escorreguenta?
Seu Madruga: Será possível?! Será possível?!

Trivia[]

  • O episódio é lembrado pela frase: "Estou falando com a mula, Não com seus carrapatos!"


Chaves - Temporada de 1976
Matando Aula · A Limpeza do Pátio · Chegou o Leiteiro! · A Galinha da Vizinha é Mais Gorda do Que a Minha · Seu Madruga Pintor, Partes 1 e 2 · O Defunto Será Maior?· Bombinhas são Perigosas, ainda mais em mãos erradas· Seu Madruga Apaixonado· Os Remédios do Quico· Eu Não Creio em Fantasmas, Mas Que Existem...· A Orquestra· Confusão no Cabeleireiro · Os Toureadores, Partes 1, 2 e 3· Brincando de Escolinha· Barquinhos de Papel· A Guerra é de Terra· O Exame de Recuperação, Partes 1, 2 e 3· A Venda da Vila, Partes 1 e 2· Roupa Suja Lava-Se em Público· O Desjejum do Chaves, Partes 1 e 2· O Futebol Americano· Os Balões· O Chiclete· O Bilhete de Loteria· O Aluno Mais Inteligente· Roupa Limpa Suja-se em Casa· As Calças do Seu Madruga· O Matador de Lagartixas· Satanás· O Festival da Boa Vizinhança, Partes 1, 2, 3 e 4· Invisibilidade· O Ladrão da Vila· Os Loucos e a Cruz Vermelha· Animais Proibidos· Sem Pichorra Não Tem Festa, Partes 1 e 2· Feliz Ano Novo!
Advertisement