Wiki Chaves
Advertisement
A Venda da Vila - Parte 1
A Venda da Vila - Parte 1
Episódio de Chaves
Título Original Venta de la Vecindad (Parte 1)
Elenco Roberto Gómez Bolaños
Carlos Villagrán
Ramón Valdez
Florinda Meza
Ruben Aguirre
Angelines Fernández
Edgar Vivar
Ricardo de Pascual*
Maria Antonieta de las Nieves
Versão 1
Exibição 1976
Anterior O Castigo Vem à Cavalo - Parte 3
Próximo A Venda da Vila - Parte 2
Dublagens MAGA: 1 Dublagem (1990)
RioSound: 1 Dublagem (2012)
Obs.: Embora tenha sido dublado em 1990, só foi estrear no SBT em 1992.
Apenas esse episódio da saga A Venda da Vila foi exibido no Brasil até 2014, dando ideia de que fosse uma parte única e que a Vila foi mesmo vendida.
Esse episódio tem a participação especial de Ricardo de Pascual, como o Sr. Calvillo.
Direção Enrique Segoviano

A Venda da Vila - Parte 1 (no original Venta de la Vecindad - Parte 1) é um episódio de Chaves de 1976. É a primeira de duas partes desta saga.

Sinopse[]

Sr. Barriga traz o Sr. Calvillo para conhecer a Vila, mas quando vai entrar, Chaves acidentalmente bate nele sem que Sr. Calvillo perceba, e logo em seguida Sr. Barriga disfarça o acontecimento. Sr. Barriga apresenta a Vila para o outro, enquanto uma série de acontecimentos ocorrem inesperadamente enquanto tentava-o convencer de que a Vila era ótima. Chaves, Quico e Chiquinha acabam ouvindo o que o Sr. Barriga disse a respeito de vender a Vila e também ouviram sobre o eletrocardiograma que ele obteve, dizendo que estava com problemas no coração.

Após todos saberem disso, os moradores do primeiro pátio da Vila e o Prof. Girafales se reúnem na casa da Dona Florinda para discutirem como poderiam fazer para que o Sr. Barriga não venda a vila, mas acabam causando mais brigas e desentendimentos. No final, todos veem o Sr. Barriga conversando com o Sr. Calvillo a respeito de fecharem o negócio da venda da Vila, o que deixa todos tristes, pois a Vila seria vendida e nada foi esclarecido e todos ficam preocupados com a saúde de Sr. Barriga.

Atores e Dubladores[]

Atores[]

Dublagem[]

Maga (1990)
RioSound (2012)

Citações[]

narrador: A Venda da Vila
Chiquinha: Ouviram isso?
Chaves: Sim. Que a vila se parece com a mamãe do Quico.
Quico: Que a vila se parece com a minha mamãe?
Quico: [Quico ri e parou de rir] Você não vai com a minha cara?
Chiquinha: Vocês ouviram o quê disseram depois?
Chaves: Quê?
[Seu Madruga sai sorrateiramente de casa]
Chiquinha: Que o Sr. Barriga vai vender a vila!
Seu Madruga: [se vira para Chiquinha] O quê disse?
Chiquinha: Que o Sr. Barriga vai vender a vila!
Seu Madruga: [olha pra trás, depois de volta] Não...
Chiquinha: Sim! Pois é, pois é, pois é...
Seu Madruga: Não...
Quico: Sim! Foi isso que disseram!
Seu Madruga: [anda até o Quico, olhando ao redor] Não...
Chaves: Sim, é verdade!
Seu Madruga: [olha ao redor] Não...
Chaves: Ah, vai encher outro!
Seu Madruga: Não, er... O quê?!
Chaves: Me escapuliu.
Chiquinha: O que vamos fazer, papi?
Chiquinha: Então, o senhor paga pro carequinha.
Chaves: Isso, isso, isso, isso...
Seu Madruga: A quem?
Chaves: Ao carequinha, o careca que vai comprar a vila.
Chiquinha: Então, o senhor fica devendo ao carequinha!
Chaves: Isso, isso, isso, isso...
Seu Madruga: Dever a um senhor que eu nem conheço? A um estranho que nem sei que costumes tem? Isso jamais!
Chiquinha: Então?
Seu Madruga: Há somente uma solução... Novo dono, aluguel novo!
[Seu Madruga foi para sua casa]
Chiquinha: Pois é.
[fade-out]
[Todos discutindo]
Dona Florinda: Silêncio. Silêncio! SI-LÊN-CIO!
Chaves: E o Seu Madruga nunca pague o que deve.
Seu Madruga: O quê?
Chaves: Me escapuliu.
Seu Madruga: Ah, é? Pois então eu...
Dona Florinda: SI-LÊN-CIO!
Dona Clotilde: O que não é direito é que o Sr. Barriga nos trate assim. Depois de tantos anos que fomos seus inquilinos, temos o direito de antiguidade!
Chiquinha: Sobretudo a senhora.
Dona Clotilde: Quê disse?!
Seu Madruga: Chiquinha! Dona Clotilde está se referindo ao tempo que temos o direito de viver nesta vila.
Chiquinha: Ah!
Seu Madruga: Ah...
Dona Florinda: Bem, de todos que estão aqui presentes, a Dona Clotilde foi a última que chegou aqui na vila.
Chaves: Mas foi a primeira que chegou no mundo!
Dona Clotilde: Como?!
Seu Madruga: Chaves! Quantas vezes eu te disse que não se deve zombar das pessoas?
Dona Clotilde: Claro!
Seu Madruga: E muito menos quando forem pessoas anciãs!
Dona Florinda: Do quê estávamos falando?
Chiquinha: Da anciã da Bruxa do 71.
Dona Clotilde: Quê?!
Chiquinha: É! Da Bruxa--
Quico: Não chama ela de bruxa!
Dona Clotilde: Obrigada, Quico.
Quico: Dona Clotilde. Esse é o nome verdadeiro dessa anciã.
Dona Clotilde: [se aproxima do Quico] Anciã coisa nenhuma!
Quico: ...Velha? ...Coroa? ...Coroca! É isso aí. ...Acabada? ...Pois não deu.
Seu Madruga: Olha, e a propósito, por que a senhora não traz pra nós uma xicrinha de café pra amenizar a reuniãozinha aqui?
Dona Florinda: Nem café, e nem coisa nenhuma! Estamos aqui pra resolver um gravíssimo pro--
Prof. Girafales [entra na casa] ...Dona Florinda!
Dona Florinda: [caminha até ele] Professor Girafales!
Quico: Papi! Digo, professor.
Dona Florinda: Que milagre o senhor por aqui!
Prof. Girafales Como "que milagre"? A senhora mesmo mandou me chamar!
Dona Florinda: [risonha] Ah! Ai, é verdade. Não quer entrar e tomar uma xícara de café?
Prof. Girafales Se não for incômodo...
Seu Madruga: [olha para a tela indignado, boquiaberto e estreitando os olhos]
Dona Florinda: Oh, mas imagina! Agorinha mesmo eu preparo! [anda até o meio da sala] Ai, não quer entrar e sentar-se? [vai para a cozinha, suspirando]

Citações (Riosound)[]

Chiquinha: Ouviram isso?
Chaves: Sim. Que a vila se parece com a mamãe do Quico.
Quico: Que a vila se parece com a minha mamãe?
Quico: [Quico ri e parou de rir] Você não vai com a minha cara?
Chiquinha: Vocês ouviram o quê disseram depois?
Chaves: Quê?
[Seu Madruga sai sorrateiramente de casa]
Chiquinha: Que o Sr. Barriga vai vender a vila!
Seu Madruga: [se vira para Chiquinha] O quê disse?
Chiquinha: Que o Sr. Barriga vai vender a vila!
Seu Madruga: [olha pra trás, depois de volta] Não...
Chiquinha: Sim! Pois é, pois é, pois é...
Seu Madruga: Não...
Quico: Sim! Foi isso que disseram!
Seu Madruga: [anda até o Quico, olhando ao redor] Não...
Chaves: Sim, é verdade!
Seu Madruga: [olha ao redor] Não...
Chaves: Ah, vai encher outro!
Seu Madruga: Não, er... O quê?!
Chaves: É que me escapuliu.
Chiquinha: O que vamos fazer, papi?
Chiquinha: Então, o senhor paga pro carequinha.
Chaves: Isso, isso, isso, isso...
Seu Madruga: A quem?
Chaves: Ao carequinha, o careca que vai comprar a vila.
Chiquinha: Então, o senhor fica devendo ao carequinha!
Chaves: Isso, isso, isso, isso...
Seu Madruga: Dever a um senhor que eu nem conheço? A um estranho que nem sei que costumes tem? Isso jamais!
Chiquinha: Então?
Seu Madruga: Há somente uma solução... Novo dono, aluguel novo!
[Seu Madruga foi para sua casa]
Chiquinha: Pois é.
[fade-out]
[Todos discutindo]
Dona Florinda: Silêncio. Silêncio! SI-LÊN-CIO!
Chaves: E o Seu Madruga nunca pague o que deve.
Seu Madruga: O quê?
Chaves: Me escapuliu.
Seu Madruga: Ah, é? Pois então eu...
Dona Florinda: SI-LÊN-CIO!
Dona Florinda: Do quê estávamos falando?
Chiquinha: Da anciã da Bruxa do 71.
Dona Clotilde: Quê?!
Chiquinha: É! Da Bruxa--
Quico: Não chama ela de bruxa!
Dona Clotilde: Obrigada, Quico.
Quico: Dona Clotilde. Esse é o nome verdadeiro dessa anciã.
Dona Clotilde: [se aproxima do Quico] Anciã coisa nenhuma!
Quico: ...Velha? ...Coroa? ...Coroca! Isso sim. ...Acabada? ...Não deu.

Trivia[]

  • Participação de Sr. Calvillo, interpretado por Ricardo de Pascual, que representa o interessado em adquirir a vila.
  • Por muitos anos no Brasil, pensou-se que esse episódio tivesse apenas uma parte, dando ideia de que seria o último da saga, mesmo sendo de 1976. A sequência ficou disponível apenas em 2014, como Episódio Inédito no SBT, embora tenha sido lançado antes pelo Cartoon Network.
  • É revelado neste episódio que Dona Clotilde foi a última a vir morar na Vila. Chaves faz uma brincadeira dizendo que foi a primeira a chegar no mundo, sendo em parte verdade, já que aparenta ser mais velha que os demais personagens.
  • Chaves sai de uma casa no começo do episódio, o que deu aos fãs a ideia de que seria lá a casa Nº 8, mas nada foi confirmado, e o mais provável é que seja uma casa vazia.
  • Foi exibido pela primeira vez em 12/07/1976.


Chaves - Temporada de 1976
Matando Aula · A Limpeza do Pátio · Chegou o Leiteiro! · A Galinha da Vizinha é Mais Gorda do Que a Minha · Seu Madruga Pintor, Partes 1 e 2 · O Defunto Será Maior?· Bombinhas são Perigosas, ainda mais em mãos erradas· Seu Madruga Apaixonado· Os Remédios do Quico· Eu Não Creio em Fantasmas, Mas Que Existem...· A Orquestra· Confusão no Cabeleireiro · Os Toureadores, Partes 1, 2 e 3· Brincando de Escolinha· Barquinhos de Papel· A Guerra é de Terra· O Exame de Recuperação, Partes 1, 2 e 3· A Venda da Vila, Partes 1 e 2· Roupa Suja Lava-Se em Público· O Desjejum do Chaves, Partes 1 e 2· O Futebol Americano· Os Balões· O Chiclete· O Bilhete de Loteria· O Aluno Mais Inteligente· Roupa Limpa Suja-se em Casa· As Calças do Seu Madruga· O Matador de Lagartixas· Satanás· O Festival da Boa Vizinhança, Partes 1, 2, 3 e 4· Invisibilidade· O Ladrão da Vila· Os Loucos e a Cruz Vermelha· Animais Proibidos· Sem Pichorra Não Tem Festa, Partes 1 e 2· Feliz Ano Novo!
Advertisement