Wiki Chaves
Advertisement
Chiquinha, o Terror do Cortiço
Chaves7506 480
Episódio de Chaves
Título Original El Regreso de la Chilindrina
Elenco Roberto Gómez Bolaños
Carlos Villagrán
Ramón Valdez
Florinda Meza
Maria Antonieta de las Nieves
Versão 1
Exibição 1975
Anterior Lavagem Completa
Próximo O Papagaio do Quico
Dublagens MAGA: 2 Dublagens:
(1990)
(19??) - dublagem inédita (Titulada como Estou morrendo de saudades da minha amiga)
Obs.: Embora tenha sido dublado em 1990, só foi estrear no SBT em 1992
É o episódio de retorno de Maria Antonieta ao elenco, pois ela estava ausente desde 1973.
Direção Enrique Segoviano

Chiquinha, o Terror do Cortiço (no original El Regreso de La Chilindrina) é um episódio de Chaves de 1975.

Sinopse[]

Chaves está jogando beisebol no pátio e acerta a bola. Quico chega e acaba acertando a vassoura, perturbado por ter sentido a culpa de ter passado na frente. Seu Madruga chega no pátio e acaba acertando uma vassourada também. Kiko começa a rir e zombar dele, e depois belisca-o, dizendo: "Torna rir de mim". Ele começa a rir de novo e Dona Florinda aparece no pátio. Madruga belisca o braço dela, confundindo-a com Quico, e ela dá uma bofetada. Enquanto isso, um órfão recebe uma carta interessante que chegou na vila. É Chiquinha que recebeu uma carta. Madruga quer saber se sua filha está bem. Chaves começa a ler uma carta da Chiquinha de "Presidente Prudente", que fala sobre as fazendas das minhas tias e as brincadeiras dirigidas. Ela fala que a minha tia "Desentupiu o Úmbigo" e leva o Caipatrás onde eu moro que ela vai trazer na estação de que traga todas as malas que estão na fazenda! Chaves e Quico perguntam: "Como a Chiquinha vai voltar?". Dona Florinda sai de casa desesperadamente, pois não sabe como a Chiquinha irá voltar e está brava com ela por ser má com Seu Madruga. Agora ela chega no cortiço e sente muita saudade dela e volta para o cortiço, mas o órfão a abraça. Enquanto as crianças precisam de ajuda para carregar as malas que estão pesadas e chegaram na vila, na rua, Madruga acaba derrubando as malas da Chiquinha, e ela defende seu pai. Kiko parece o pobre fraco com Madruga. Chaves ajuda a carregar as malas e não consegue segurar, e o órfão acaba batendo em Seu Madruga. Chiquinha reclama com Chaves e diz para seu pai, e ele fica bravo com sua filha e ela chora tudo de você chegou na vila na vila e acaba chorando na rua e acaba segurando a bronca, enquanto Quico imita o choro da Chiquinha. Madruga pede para encarregar as malas e provoca Kiko, depois belisca-o. Quando Florinda chega na rua, dá mais uma bofetada, e Chiquinha se defende da mãe do Quico e depois volta para casa e deixa as malas. Portanto, Chaves continua carregando tudo nas malas e acaba tropeçando na entrada e chorando!Enquanto isso, Madruga carregou todas as bagagens e o órfão chega à última bagagem. Ele deveria comprar os 2 cruzados para comprar as zarabatanas e pediu para colocar as bagagens na mesa. Chaves acaba sentando em cima da mesa, e Madruga pede o dinheiro de Chaves e segura o dinheiro dele. Quando Chiquinha aparece pedindo para seu pai lhe dar os 2 cruzados para comprar doces na venda, Seu Madruga fica sem dinheiro para se comportar nas fazendas das minhas tias de Prudente. Chiquinha e Quico estão brincando no pátio e aprendem as brincadeiras que fizemos nas fazendas das tias. Ela acerta um pontapé em Kiko. Chaves trouxe as zarabatanas e os chumbinhos para disparar e acaba acertando Quico. Madruga e Florinda se perturbam por terem atirado nas zarabatanas. Chaves vai dizer a Quico que conte para sua mãe por que tirou todo mundo nas zarabatanas e ele acertou por mim. Chiquinha está na janela com as zarabatanas e chumbinhos, e eles acertam um ao outro, reclamando dos confeitos dos chumbinhos. Madruga fica zangado com Chiquinha, devolve as zarabatanas e dá umas palmadas na bagagem na Chiquinha, que chora!

Atores e Dubladores[]

Atores[]

Dublagem[]

Maga (1990)

Continuidade[]

Curiosidades[]

  • Na versão original, Chiquinha viajou à fazenda das suas tias de Celaya, município localizado no estado mexicano de Guanajuato. Mas na dublagem brasileira, Celaya foi substituído por Presidente Prudente, situado no estado brasileiro de São Paulo.

Citações[]

Quico: Você não vai com a minha cara?!
Quico: O senhor não vai com a minha cara?!
Seu Madruga: "Não vai com a minha cara?!"
Chaves: [lendo] Presente para o dente.
Seu Madruga: Presidente Prudente! É que minha filha está estudando em uma fazenda das tias que fica em Presidente Prudente
Chaves: [lendo] Papa querino... Não, não: papai querido.
Seu Madruga: Vai, vai... lê!
Chaves: Papai querido, passei a semana toda tomando...
Seu Madruga: Como?
Chaves: Eu passei a semana toda tomando aulas de dança...
Seu Madruga: Não faça vírgulas!
Chaves: Não tem virgula! Não tem virgula, nem ponto nem nada, só tem letras...
Seu Madruga: Tá bom, tá bom, vai em frente...
Chaves: E atrás também... olha aqui, ó...
Seu Madruga: Eu só to dizendo pra você continuar... vai, vai...
Chaves: Na epidemia de panças indigestas...
Seu Madruga: Na academia de danças indígenas! É o lugar onde ensinam a gente a dançar...
Chaves: Porcas, guaranás e bombas depois...
Seu Madruga: Polcas, guarãnhas e Bumba meu boi!
Chaves: Ontem de manhã minha tia desentupiu o umbigo
Seu Madruga: O quê?
Chaves: Tá aqui, ué.
Seu Madruga: Discutiu comigo!
Chaves: Eu pensei que ela desentupiu o umbigo. [rindo]
Seu Madruga: Tá, tá, tá, tá! Vai em frente!
Chaves: [rindo] Podia ser atrás.
Chaves: [lendo a carta] "Isso por que eu sempre faço fofó." porque eu sempre faço fofocas...
Seu Madruga: Já disse pra você não fazer vírgula!
Chaves: Eu pensei que ela desentupiu o umbigo. [rindo]
Chaves: É só médio ruiva.
Seu Madruga: Isso me deu raiva!
Chaves: Então eu tive uma idéia: procurei minha tia e lhe parti... e lhe participei. Disse a ela que meu pai é saúvo. Não, não... viúvo... e como vive só, eu quero voltar com ele e minha tia disse que tá bem!
Seu Madruga: Ah, ouviu só? A Chiquinha vai voltar!
Chaves: Melhor me levar o cai pra trás.
Seu Madruga: Capataz!
Chaves: Eu vou chegar casada com o velho!
Seu Madruga: E vou chegar em casa com o velho!
Chiquinha: E como o capataz não sabe onde eumoro, seria bom que viesse me receber na estação!
Seu Madruga: Claro que sim, filhinha é claro que eu irei buscar...
Chiquinha: Mas depressa que já está atrasado!
Seu Madruga: Eu to indo já, já to indo!
Seu Madruga: Poderia me fazer um favor?
Chiquinha Sim, papi.
Seu Madruga: Cala essa boca!
Chiquinha: Gritou comigo?
Seu Madruga: Sim!
Chiquinha: É assim que recebe a filha de suas entranhas?
[Chiquinha chora]


Chaves - Temporada de 1975
Viva a Independência! · Seu Madruga Pega no Batente - Parte 1 · História de Pianista/Seu Madruga Larga o Batente - Parte 2 · Uma Troca Muito Justa - Parte 3 · O Primo do Seu Madruga · Tocando Violão · O Envelope Perdido · Lavagem Completa · Confusão de Bilhetes · Chiquinha, o Terror do Cortiço · O Papagaio do Quico · A Fonte dos Desejos · Brincando de Bombeiros · O Belo Adormecido · Posso não Emprestar o que é Meu, mas dos Outros... · O Aniversário do Quico · Era Uma Vez Um Gato, Partes 1 e 2 · A Morte do Seu Madruga · Os Ladrões/Guerra é Guerra · Ser Professor é Padecer no Inferno · Jogando Futebol · O Livro da Chiquinha · Mal-Entendidos · O Dia Internacional da Mulher - Parte 1 · Não é Fácil Roubar/A Chegada das Novas Vizinhas - Parte 2 · O Namoro do Seu Madruga - Parte 3 · Se Beijo Fosse Sapinho, o Mundo Seria um Brejo! - Parte 4 · Estourando Balões · O Trocador de Lâmpadas · Vamos Brincar de Carrinhos? · Assistindo ao Jogo · A Casa da Bruxa · O Primeiro Dia de Aula, Partes 1 e 2 · O atropelamento · O Banho do Chaves · Regando Plantas · Quem com Catapora Fere, com Catapora Será Ferido! · Os Insetos do Chaves
Advertisement