Wiki Chaves
Advertisement
Nem Todos os Bons Negócios São Negócios da China - Parte 1
Chaves7724 480.jpg
Episódio de Chaves
Título Original La tienda del Chavo - parte 1
Elenco Roberto Gómez Bolaños
Carlos Villagrán
Ramón Valdez
Florinda Meza
Angelines Fernández
Edgar Vivar
Maria Antonieta de las Nieves
Versão 2
Exibição 1977
Semelhante a O Vendedor de Refrescos - Parte 1
Anterior O Professor Apaixonado
Próximo Refrescos numa Fria - Parte 2
Dublagens MAGA: 1 Dublagem (1984)
Obs.: Estreia confirmada pela revista Tele-Guía nº 1.304: 22/08/77, 20:05.
Até 1992, era exibido apenas essa parte pelo SBT.
Direção Enrique Segoviano

Nem Todos os Bons Negócios São Negócios da China - Parte 1 (no original La tienda del Chavo - parte 1) é um episódio do Chaves de 1977. É a primeira de três partes desta saga.

Sinopse

Chaves equilibra na vassoura e Dona Clotilde pede um favor que lhe compre um leite de vidro para encomendar-los.Quico chama a sua mãe para lhe comprar na venda os 500 de gorjeta para a Bruxa do 71,Clotilde se apela numa lombriga anêmica e Dona Florinda indaga apelar de Bruxa.Chaves traz uns vidros de leite e a Bruxa confunde à Florinda.Chiquinha aparece se ele quer jogar a bola e Clotilde significa a garrafa de leite vazio,ela falava de que retomar a abrir um negocinho da venda de Refrescos.Chaves abre os refrescos da venda para anunciar-los!

Na Rua da Calçada,Chaves começa negociar os refrescos do mundo e o Seu Madruga realiza muito bom nesse emprego,nos pátios encontraram numa cheia de águas da chuva e depois ficam mais de frutas doces,que tem gosto de tamarindo;Madruga gasta de 100 e Chaves refere os 50 cruzeiros,Seu Barriga aparece no pátio de que ouviu na conversa com o Chaves paga na risada,de que ele já tinha o dinheiro justo,o Chaves nunca façaria uma pancada na chegada no cortiço e depois empurra o gordinho de que Madruga levou um copo grande!

No Primeiro Pátio da Vila Chaves procura o Seu Madruga,é de que vai largar a barraca de refrescos,e o Quico vim achar o Madruga e Barriga parece a citação de um Chapéuzinho Vermelho.Florinda sai de casa e procura ao Quico que passou por aqui,que conversamos sobre os idiotas perguntem.Chiquinha aparece bebendo na mercadoria no pátio e o Quico arrumou o negocião de refresco com o Super de Quico;os dois retomam os deles pelo dinheiro e a Chiquinha pagou.Sr. Barriga fala bravo pro seu pai de que não paga o aluguel e acaba tropeçando na barraca e o Chaves remedia um negócio;Quico derruba na barraca do Super e o Barriga leva um endereço para Psiquiatra.Chaves conseguiu a remediar na venda de Refrescos!"A História dos Negócios de Refrescos dos Chaves na calçada,continua no Próximo Capítulo"!

Atores e Dubladores

Atores

Dublagem

Dublagem Maga (1984)

Citações

narrador: Nem Todos os Bons Negócios São Negócios da China
Chaves: Me deu um susto.
Quico: É que o Chaves vai ganhar 100 cruzeiros de gorjeta de Bruxa do 71!
Dona Clotilde: O quê- O quê você disse?!
Quico: Não deu mesmo 100 cruzeiros pro Chaves?
Dona Clotilde: Dei sim, mas eu não sou nenhuma bruxa!
Dona Florinda: É verdade, Tesouro. Eu já te disse que não se deve qualificar as pessoas pelo seu aspecto físico!
Dona Clotilde: ...Como?!
Dona Florinda: [arfa; risinhos, gaguejando] Ah... Eu não queria dizer--
Dona Clotilde: Olha, se acha que pareço uma bruxa, fique sabendo que a senhora me parece uma lombriga anêmica!
Dona Florinda: [arfa] Como é?!
Dona Clotilde: Eu já disse! [entra em casa]
Dona Florinda: É o que dá viver entre essa gentalha! Toma, Tesouro. [tira moedas do bolso e entrega a Quico] Toma 500 cruzeiros de gorjeta, e 1000 cruzeiros para que me traga chicletes da venda.
Quico: [risos] Obrigado, mamãe! [sai da vila]
Dona Florinda: [bate na porta de Dona Clotilde]
Dona Clotilde: [abre] Sim, o quê quer?
Dona Florinda: Bruxa! [entra em casa]
Dona Clotilde: [faz cara feia e entra em casa]
Chaves: [entra na vila com duas garrafas de leite, uma menos cheia que a outra; para e toma um gole da que está menos cheia; depois vai até a porta de Dona Clotilde e bate]
Dona Clotilde: [abre] Sua lombriga anêmica! [volta pra casa]
Chaves: [ergue as sobrancelhas]
Dona Clotilde: [volta para fora] Ah, desculpe, eu pensei--
Chaves: Como me chamou?
Dona Clotilde: De lombriga anêmica, mas é que...
Chaves: Bruxa!
Dona Clotilde: [olha para Chaves]
Chaves: A senhora começou, ora!
Dona Clotilde: Bom, está bem, vamos, me dá isso. [pega garrafas de leite e leva para casa]
Seu Madruga: Muito bem, Chaves! Que bom! Quer dizer que agora se dedica ao comércio.
Chaves: A comer o quê?
Seu Madruga: Aos negócios. Ao comércio.
Chaves: Não, eu estou apenas vendendo refrescos.
Seu Madruga: Pois esse é o comércio.
Chaves: Não, é um "bebércio"!
Seu Madruga: E então neste copão?
Chaves: Os de 200.
Seu Madruga: Podia ter te pedido 200.
Chaves: Sim, mas é que quando aparecem fregueses que tá na cara que não têm nem onde cair mortos pra quê que eu vou dizer...
Chaves: Quico! Quico!
Quico: Quê?
Chaves: Cê não viu Seu Madruga?
Quico: Sim! Já o vi muitas vezes! É um que tem assim um corpo fraco, fraco - parece um esqueleto!
Sr. Barriga: Então por quê pergunta "De parte de quem?"?
Quico: Eu perguntei isso?
Sr. Barriga: Sim! E não se responde uma pergunta com outra pergunta! Não sabe que só os idiotas respondem uma pergunta com outra pergunta?!
Quico: É mesmo?
Sr. Barriga: Com licença. [limpa manga] Pode ser contagioso. [caminha em direção à porta de Dona Florinda, para e se vira para o Quico] A sua mãe está?
Quico: Da parte de quem?
Sr. Barriga: [olha para tela] Do Chapeuzinho Vermelho.
Quico: O senhor é o Chapeuzinho Vermelho?!
Sr. Barriga: Sim. [ergue a maleta] Não vê que eu estou trazendo a minha cestinha?
Quico: Somente os idiotas respondem uma pergunta com--
Sr. Barriga: [encara o Quico]
Quico: Com... Com licencinha.
Sr. Barriga: Chiquinha! Amanhã venho cobrar o aluguel do seu pai. E se não tiver dinheiro... Hm! Que vá procurar outro lugar pra morar. [se vira e começa a andar]
Chiquinha: Mas meu pai--
Sr. Barriga: [olha para Chiquinha] Já disse! [esbarra na Tenda do Chaves e derruba os refrescos]
Chaves: [observa, chocado]
Sr. Barriga: [se levanta] Chaves... Ai, Chaves... É que eu não...
Chaves: [se aproxima, tom triste] Pois é, tinha que ser o Seu Barriga!
Sr. Barriga: É que... [imita movimento de puxar o suspensório] Foi sem querer querendo...
Chaves: Sim, foi sem querer querendo, mas agora... Pipipipipipi...
Sr. Barriga: Escuta... Mas é que- Chaves, olha...
Chaves: Não é, agora que refresco que eu vou vender?! Pipipipipipi...
Sr. Barriga: Chaves, é que... Você acha que poderíamos remediar a situação com isto? [tira nota de dinheiro de dentro do paletó]
Chaves: Pipipipipipi... [olha a nota e choro para aos poucos] Cinco mil cruzeiros?
Quico: [olha chocado para a tela] Escuta, Sr. Barriga. Porque foi que o senhor não tropeçou na minha barraca?!
Sr. Barriga: Quê?!
Quico: Espera um minutinho, só um pouquinho.
[Quico derruba sua barraca. Sr. Barriga e Chaves se entreolham chocados]
Quico: [risos, caminha até portão da vila] Minha barraca... [começa a chorar com a mão estendida]
Sr. Barriga: Não chore mais, Quico. [tira cartão de negócios de dentro do paletó e entrega a Quico] Veja, aqui tem o endereço de um psiquiatra muito bom. Fala pra tua mãe te levar até lá.
Quico: [volta a chorar, mas se apoia contra o vão do portão e se desequilibra; volta pra fora, olha em volta, e continua chorando no portão]

Assista ao episódio

Chaves_HD_-_Nem_todos_os_bons_negócios,_são_negócios_da_China_-_1ª_parte_(1977)

Chaves HD - Nem todos os bons negócios, são negócios da China - 1ª parte (1977)


Chaves - Temporada de 1977
As Crianças Assistem a Aula · O Porquinho · O Dia da Amizade · O Cãozinho Madruguinha, Partes 1, 2 e 3· Quem semeia moeda, colhe tempestade!· O Jogo de Beisebol· Seu Madruga Fotógrafo, Partes 1 e 2· O Fantasma da Vila· A Casinha do Quico· Amarelinhas e Balões· O Vendedor de Balões· O Cavaleiro das Mil Encrencas · Seu Madruga Carpinteiro, Partes 1 e 2· Vamos Todos a Acapulco, Partes 1, 2 e 3· O Álbum de Figurinhas· Os Espíritos Zombeteiros, Partes 1, 2 e 3· A Falta de Água, Partes 1 e 2· O Calo do Sr. Barriga· Ah! Logo Agora Que Eu Queria Ver Meu Time Jogar...· O Professor Apaixonado· Os Refrescos do Chaves, Partes 1, 2 e 3· Bilhetes Trocados· Estou morrendo de saudades da minha amiga, mas não muito...· A Bruxa Está Solta!· A Caricatura do Professor Girafales· O Disco Voador· Abre a Torneira, Partes 1 e 2· Panqueca pra Dentro, Barriga pra Fora· O Despejo do Seu Madruga, Partes 1 e 2· Como Treinar Um Novo Campeão· Um Finíssimo Tecido Made in Taubaté· Uma Aula de Canto
Advertisement