Wiki Chaves
Advertisement

"O Restaurante de Dona Florinda" redireciona a este artigo. Para outro episódio, visite O Restaurante da Dona Florinda.

O Restaurante de Dona Florinda
Chaves7926 480
Episódio de Chaves
Título Original Se Solicita Mesero
Elenco Roberto Gómez Bolaños
Maria Antonieta de las Nieves
Florinda Meza
Edgar Vivar
Ricardo Pascual*
Versão 1
Exibição 1979
Anterior Dando Sorte Com Muito Azar
Próximo A Aula de Matemática
Dublagens MAGA: 1 Dublagem (1984)
Obs.: No Brasil, este episódio é a 3ª Parte da saga do Restaurante.
Esse é até hoje o único episódio conhecido que a frase "Versão MAGA, dublada nos estúdios da TVS" é falada durante o episódio.
Direção Roberto Gómez Bolaños

O Restaurante de Dona Florinda (no original Se Solicita Mesero) é um episódio de Chaves de 1979.

Sinopse[]

Chaves procura um bom emprego para ser o Garçom e ele vê uma placa escrita "Se Solicita Mesero", que significa "precisa-se de garçom". O outro garçom está varrendo no restaurante e diz ao Chaves que não precisa de ser o Garçom e que escreveu na legenda de Espanhol se precisar o contrato para o Garçom que não oferecia no restaurante quando estragaria tudo. Chaves diz trazer e errou. Dona Florinda aceita numa ajuda com Chaves no restaurante, e depois joga no lixo na cozinha do restaurante.

Enquanto isso, na Vila, Seu Barriga esconde no pátio quando procura a Dona Florinda. Chiquinha assusta o Gordo e ele pergunta onde está a Dona Florinda. Ela comprou no Restaurante e agora vai dar uma Proposta pra Chiquinha e o Seu Barriga para que não aconteca com Chaves. Ela vai comprar o Sorvete para o Senhor. No Restaurante, Chaves Guarda jogar fora no Lixo fora do Restaurante e tropeça junto com Seu Barriga.

Seu Barriga chega no Restaurante se a Chiquinha oferece a pagar o Sorvete para limpar ele;Dona Florinda culparia o Chaves pela ajuda por causa de ter derrubado no lixo que caiu no Seu Barriga,Ela limpa tudo nos papéis do Chão;Seu Barriga entra no Restaurante,Chiquinha sente a culpa por ter jogado em cima do Seu Barriga pelo caminho no lixo,porque essa culpa só causaria;Chaves cobra o saboroso sorvete e quer dividir o sabor para o pedaço,Ele Fala se sentiu a culpa de tudo por ter jogado no lixo e lhe merecia o sorvete;os Dois juntam os papíes do lixo.Seu Barriga pagaria o aluguel do Restaurante quando os freguêses não chegam;Dona Florinda atenda o Garçom para se arranjar numa mesa do Sr Barriga,Chaves e Chiquinha chega quando sentiu a culpa,Seu Barriga aproxima no lixo quanto não está jogando fora que não entendia depois tirou e tropeça no Garçom com Espaguete!

Dona Florinda Restaurante entrada

Chaves bagunçou com espaguete no Restaurante,Seu Barriga sujou a roupa no macarrão,quando Chaves fala que usa com cabelos de espaguete se pentearam tão bonitos;Ele põe na cabeça do espaguete no Garçom,Seu Barriga chora com o seu Terno Sujo.Dona Florinda acontece aqui no restaurante se bagunçou pela culpa do Chaves e se sujou com Espaguete,Terno Novo e Sorvete;Ela Fala como que tipo de Garçom era o Senhor,depois manda lhe servir o espaguete pois agora você vai pagar a conta no Restaurante Garçom Nega,Chaves come o espaguete nojento e o Seu Barriga Não Gostou portanto o Chaves joga em cima do espaguete na boca na Chiquinha,Ele botou nos óculos do Seu Barriga em cima no Macarrão depois Chiquinha limpa com a Gravata do Gordo;Chaves derruba na mesa do Restaurante e tudo.Ela faz a coisa que merecia o Sorvete quando pagaria como ficaram no trato,Seu Barriga Negou ela Chora e joga no espaguete do senhor,Dona Florinda serve o outro espaguete pro Sr Barriga Chaves joga na cara dele no lixo,e por isso antes ela tropeça no espaguete na cabeça do Seu Barriga no entanto sujou muito!

Elenco e dubladores[]

Elenco[]

Dubladores[]

Continuidade[]

Curiosidades[]

Citações[]

narrador: "O Restaurante de Dona Florinda". Versão "Maga", dublada nos estúdios da TVS
Chaves: [lendo cartaz] "Se Solicito-ta Mesero". "Mesero"! "Mesero" quer dizer "garçom", eu acho!
Garçom: O quê faz aqui, Chaves?
[Nota: Trecho cortado pela Televisa]
Chaves: Aqui diz "Se solicito-ta mesero".
Garçom: "Se solicita mesero".
Sr. Barriga: [olha ao redor, bufa, e se prepara para bater na porta de Seu Madruga]
[Chiquinha abre a porta e os dois se assustam, gritando; Sr. Barriga se protege com a maleta]
Chiquinha: Ai. É o senhor, Sr. Barriga.
Sr. Barriga: Claro que sou eu, o Sr. Barriga.
Chiquinha: Sim, a gente nota que é o Senhor Barriga. [apalpa barriga do Sr. Barriga e gargalha]
Sr. Barriga: Escuta, você sabe onde está Dona Florinda?
Chiquinha: O senhor não sabe?
Sr. Barriga: Quê?
Chiquinha: Que a Dona Florinda comprou um restaurante.
Sr. Barriga: Sim, isso eu já sabia.
Chiquinha: Mas se já sabe então pra quê pergunta?
Sr. Barriga: [expira] Estou perguntando onde está Dona Florinda agora!
Chiquinha: Pois eu já disse! No restaurante!
Sr. Barriga: Mal educada. Tão mal educada quanto o Chaves! [arfa] Chaves, Chaves, Chaves! [olha ao redor] Você viu o Chaves?
Chiquinha: Sim. No restaurante da Dona Florinda, tá trabalhando lá.
Sr. Barriga: [vira lentamente para a tela] E pensar que tenho de ir lá cobrar o aluguel. [choraminga levemente]
Dona Florinda: Chaves! O quê que há? Eu não mandei você jogar fora o lixo?
Chaves: Tô indo.
Sr. Barriga: [tira balde de lixo da cabeça, e olha para a tela] Há pessoas que têm uma mancha negra em seu destino. E a minha... é o Chaves!
Chiquinha: Mas que coisa, Chaves, veja só que você fez! Calma, Sr. Barriguinha, eu o ajudo, isso, isso. [ajuda Sr. Barriga a levantar] Pobrezinho dele. [ajuda-o a tirar lixo do paletó] Tão lindo que vai me pagar um sorvete! Ohh...
Sr. Barriga: Tá, tá, tá. Pegue a minha pasta.
Chiquinha: Sim.
Dona Florinda: [sai do restaurante e vê o lixo no chão] Mas o quê que houve por aqui?
Sr. Barriga: Pergunte isso ao Chaves!
Chiquinha: Foi o danado do Chaves que jogou todo o lixo em cima do Sr. Barriga! E ele é tão bonzinho que até vai me comprar um sorvete!
Dona Florinda: Muito bonito, Chaves! É assim que você me ajuda?
Chaves: Acontece que a culpa é dele porque eu ia sair e ele tapou toda a porta com a baita pança!
Dona Florinda: Hm! Veja só como você o deixou! Todo cheio de lixo! Estava tão limpinho... Ah, mas agora você vai deixá-lo como estava, venha cá! [puxa Chaves pela orelha até o lixo]
Sr. Barriga: Espere, espere, espere, você estava falando de mim?
Dona Florinda: Não! Do chão! [para Chaves] Anda logo! Limpa tudo isso aí!
Chiquinha: Olha como ele ficou! Você deu uma olhada no que você fez, Chaves? É o cúmulo! Está pondo em risco o meu sorvete!
Sr. Barriga: [olha para a tela, depois vira para Chaves]
Chiquinha: E além disso, veja só como ficou o Sr. Barriga, pobrezinho. Parece a Cachinhos Dourados.
Sr. Barriga: [olha para a tela, e move as sobrancelhas]
Dona Florinda: [sai da cozinha] Mas que escândalo é esse?! O quê aconteceu aqui?! Lá da cozinha eu tô ouvindo que vo-- Chaves! O quê aconteceu?
Sr. Barriga: Faça essa pergunta ao Chaves.
Garçom: O Chaves foi o culpado!
Dona Florinda: [tristonha] Meu delicioso espaguete!
Sr. Barriga: [tristonho] Meu belíssimo terno!
Chiquinha: [tristonha] Meu saborosíssimo sorvete!
Dona Florinda: E você?! Que tipo de garçom é você?!
Garçom: Como que tipo de garçom eu sou?! Sou um garçom muito bom!
Sr. Barriga: Não!
Chiquinha: [chorando] WAH! [começa a pegar espaguete e jogar em Sr. Barriga] B! C! D! [passa para o outro lado, pega espaguete da cabeça do Garçom e também joga] E! F, G! I! M de "macarrão"! Ahh... [sai do restaurante, esfregando a poupança]
Dona Florinda: [sai da cozinha com outro prato de espaguete] Muito bem, Sr. Barriga. Aqui está outro delicioso prato de espaguete. Você, Chaves, abra essa porta.
Chaves: [assente, anda olhando para trás, e esbarra em Sr. Barriga, derrubando o balde de lixo na cabeça dele; cavuca o lixo até encontrar os óculos de Sr. Barriga, e os coloca por cima do balde; depois tira o balde e recoloca os óculos em Sr. Barriga]
Sr. Barriga: [olha para a tela, imóvel; suspira olhando para Chaves]
Chaves: [coloca o balde vazio no chão, abre a portinhola do balcão, e gesticula para Dona Florinda passar]
Dona Florinda: A de cima, tonto!
Chaves: [fecha a portinhola e abre o tampo do balcão]
Dona Florinda: [suspira] E a de baixo.
Chaves: [segura tampo e abre a portinhola do balcão]
Dona Florinda: [para Garçom] E você, veja como é que se serve um prato de espaguete. [desfila com o prato, tropeça no balde de lixo, grita, e derruba espaguete em Sr. Barriga]


Chaves - Temporada de 1979
Vamos ao Cinema? · É Duro Ser Eletricista! · O Dia dos Namorados - Parte 1 · O Dia de São Valentim - Parte 2 · Tortinhas de Merengue Sem Açúcar· Nas Pontas dos Pés· O Livro de Animais· A Catapora· Um Astro Cai na Vila, Partes 1 e 2· Guerra às Crianças· O Cachorrinho · A Prova de Aritmética· O Dia da Criança· Um Banho Para o Chaves· Santa Ignorância· Peixe Cru Faz Bem Pra Memória· Uma Aula de História· O Chiclete e o Paletó· O Cãozinho Satanás· O Último Exame· A Fonte dos Desejos· Os Penetras - Parte 1· Dona Florinda Abre um Restaurante - Parte 2· Dando Sorte Com Muito Azar· O Restaurante de Dona Florinda· A Aula de Matemática· Chaves, o Engraxate, Partes 1 e 2· O Estilingue· O Restaurante da Dona Florinda· Tem Uma Mosca no Meu Café· Na Escola... Domingo· Cuidando de Dona Florinda· Nasce Uma Bisavó· Uma Ajuda Para a Cruz Vermelha· O Parque de Diversões, Partes 1 e 2· O Sonho Que Deu Bolo· Eu Sou a Mosca Que Caiu na Sua Sopa· Caça ao Rato, Partes 1 e 2· Reivindicação salarial para o Chaves· O Bolo· Os Gatinhos de Chaves· Os Hóspedes do Sr. Barriga, Partes 1, 2, 3 e 4· Antes Um Tanque Funcionando Que Uma Lavadora Encrencada
Advertisement