Wiki Chaves
Advertisement
O Velho do Saco - Parte 1
1978 Seu Madruga pega no batente - parte 1
Episódio de Chaves
Título Original Don Ramón ropavejero - parte 1
Elenco Roberto Gómez Bolaños
Carlos Villagrán
Ramón Valdez
Florinda Meza
Edgar Vivar
María Antonieta de las Nieves
Versão 2
Exibição 1978
Semelhante a Seu Madruga Pega no Batente - Parte 1
Anterior O Violão do Seu Madruga
Próximo A Bola de Boliche - Parte 2
Dublagens MAGA: 1 Dublagem (1990)
Obs.: Embora tenha sido dublado em 1990, só foi estrear no SBT em 1992.
Primeiro episódio de Roberto Gómez Bolaños como diretor.
Direção Roberto Gómez Bolaños

O Velho do Saco - Parte 1 (no original Don Ramón ropavejero - parte 1) é um episódio de Chaves de 1978. É a primeira de três partes desta saga.

Sinopse[]

Dona Florinda pediu pro Quico que não pode sair pra brincar na rua pode atropelar num carro e ele se resmungou, quando a Chiquinha deu bolada na cabeça e chora pois o Seu Madruga voltou a trabalhar. O Seu Barriga chegou de ter procurado com o Seu Madruga que queria pagar se um aluguel,e depois saiu pra procurar emprego. Chaves pegou uma bola e deu pancada. Quando o Seu Barriga pergunta pra Chiquinha pois o seu pai saiu pra encontrar emprego quanto faz tempo ele saiu,depois ela chora de que não era o órfão. Seu Madruga apareceu no pátio com cara de triste depois conseguiu arrumar emprego. Seu Madruga fica feliz com emprego e satisfeito por isso, quando comecei o primeiro trabalho com esfregando o chão e açougue depois trabalhava no restaurante lavando os pratos, e depois fez o dever com o salão de boliche como um aparador se arremessa com as bolas que devolvem os pinos derrubados; aquilo de que já todos agradecemos as magníficas recomendações pelos padrões.

Quico tenta convencer o Chaves a sair um pouquinho pra brincar na rua, mas Chaves recusa dizendo que Quico é teimoso e pergunta se ele esqueceu que sua mãe o proibiu de sair pra brincar na rua. Quico diz que agora sua mãe não está em casa. Chaves diz que não importa, os bons meninos devem obedecer suas mães mesmo que elas não estejam. Chiquinha diz que mas às vezes se esquecem do que elas disseram, tentando ajudar o Quico. Chaves diz que está lembrando ele, e Quico diz que é porque ele é intrometido e Chiquinha concorda. Chaves responde dizendo que Quico é uma besta porque tem mãe e desperdiça desobedecendo ela, e comenta que se tivesse mamãe, obedecia ela em tudo, tudo, tudo, tudo... Quico fala "Por isso eu digo que tenho que obedecer...", mas então tem uma ideia e diz que sua mãe lhe disse de manhã que ele não podia ir brincar na rua, mas agora à tarde ela não disse nada. Chaves concorda e diz "Viu só como é bonito ter a consciência tranquila?". Quico tenta então sair para brincar na rua, mas dá de cara com Dona Florinda. Ela diz que jamais pensou que ele fosse capaz de lhe fazer isso. Quico diz que foi porque "Eles ficaram insistindo tanto...", mas Chiquinha se defende dizendo que não é verdade. Florinda diz para ela calar sua boca. Chiquinha continua tentado se defender, mas Florinda a manda calar a boca de novo. Chiquinha pergunta se ela queria que ela calasse o nariz. Florinda e chama de malcriada, e Chiquinha a chama de malfeita. Florinda pergunta o que disse e Chiquinha pede licencinha e vai pra casa. Florinda diz que não poderia esperar outra coisa da gentalha, então se vira para Quico e diz que ele deveria lembrar que seu pai pode estar olhando "lá de cima", e Chaves diz "ou lá de baixo". Florinda diz que da próxima vez ela dá um jeito em seu nariz, e Chaves diz que não precisa porque tem lenço, tirando um de seu bolso. Florinda diz para Quico "escute isso", mas é interrompida por Chaves assoando o nariz, três vezes. Quico manda Chaves calar o seu nariz. Chaves ia perguntar se ele queria que ele calasse a boca, mas percebe e para. Então Dona Florinda diz que os meninos desobedientes são levados pelo velho do saco, portanto ele não pode a desobedecer nunca mais em sua vida, e ele promete. Então Seu Madruga entra na vila carregando um saco e berrando "Chapéus, sapatos ou roupa usada quem tem?", fazendo Quico ir chorar, o que o deixa confuso.

Quico chora de teria medo como o "Homem do Saco" se disfarçou pela pior do velho do saco era ser um milionário e etc...,a qualquer momento o homem do saco pode levar a desobedecer os meninos pelas roupas envelhecidas por dia;e depois joga no saco do fundo do rio por qualquer um,até nisso por um acaso de que se não pode obedecer se aceitaria numa fatia de pão com um presunto.Seu Barriga zomba com a Chiquinha com o seu presunto,Dona Florinda sai um pouco da esquina quando o quico disse que está proibido de ir na rua,Chaves escuta pro gordo de que era fundamento do seu pranto. Agora o Quico se recomendaria o aceito de fatia de pão puro dividido para o Chaves pra não deixar o homem da roupa velha e me levar,Ele assustou com o velho do saco depois volta pra casa. Chaves pegou o saco do Seu Madruga de que não deixa lhe levar com a roupa velha, Seu Barriga apareceu no pátio e bateu no saco de coisas velhas e já perdoou,Chaves bateu nele do Seu Madruga isso tá fazendo muito feio. Seu Barriga perguntaria pro Seu Madruga se sabe estiver aqui dentro do saco e alagaria toda pelo peso,e deixaria tudo trabalhar o que me deve e continua o nosso trabalho do "o velho do saco", quando o Quico pegou o vaso e quebrou na cabeça dele!

Depois de levar uma quebrada no vidro na cabeça, Seu Madruga ficou tonto pra me atrapalhar a Dona Florinda de se caído de bêbado, quando o Quico disse pra sua mãe que era o seu vaso está quebrado na cabeça depois deu bofetada na mentira. Como já o que ele enfia no saco para não lhe levar-se,depois de ter batido na cabeça com vaso por causa de roupa velha, pois ele é o sequestro, e já voltou pela casinha depois do tapa. O Quico saberia prometer a desobedecer pelo velho do saco pra não entregar-se,Seu Barriga causaria como desobedecer por uma vergonha pelo mau da mentira. Dona Florinda pede desculpa pelo Seu Madruga. Depois de ter voltado na casa dele quando está machucado, ela pediu perdão por lhe causaria como o velho do saco para desobedecer para levar o medo, Chiquinha se enfatiza para lhe defender como seu pai da Dona Florinda. Ela dizia como se a nossa casa das coisas de que eu não me uso, assim se entregaria com o velho do saco Seu Madruga aceita á nossa entrega!

Depois entregamos na casa da Dona Florinda e que tem todas as coisas de imóveis como ela nunca se usa,o Seu Madruga já lhe agradeceu o presentinho como o que era mau tratados. Quanto o Quico já tinha bondoso de carinho, Seu Madruga deu uma socada no braço dele. Chaves bateu na cabeça do Seu Madruga, quando o "velho do saco" e a roupa não te deixaria levar tudo, como: chapéus, sapatos, com roupas usadas e garrafas. Quico apareceu aproximada como saiu do saco. Seu Madruga levantou quando o Chaves esconde no outro pátio, assim o Seu Barriga veio cobrar o pagamento do aluguel pelo velho do saco a desobedecer os meninos pela causa da idéia de um emprego. Seu Madruga bate no Saco do Seu Barriga enlouquece feito maluco, e assim os meninos desobedientes como os senhores do dinheiro do aluguel serão levados pelo "Velho do Saco"!

Elenco e Dubladores[]

Elenco[]

Dubladores[]

Continuidade[]

  • Assim como em Seu Madruga Pega no Batente - Parte 1 (1975), Sr. Barriga menciona que seus primeiros empregos foram: faxineiro de um açougue, lavador de pratos de um restaurante, e apanhador de um salão de boliche. Mas diferente daquele episódio, ele não cita que seu primeiro emprego foi "amassando pão".
  • Ainda é possível ver a letra "M" de giz no barril do Chaves, do episódio Errar é Humano - Parte 1 (1978). Ela fica clara, por exemplo, na cena em que Chaves e Seu Madruga começam a brigar pelo saco de roupas usadas.

Citações[]

[Dona Florinda e Quico saem de casa]
Quico: Por quê?!
Dona Florinda: Porque é muito perigoso brincar na rua!
Quico: Mas por quê, mamãe?!
Dona Florinda: Ai, por mil razões! Primeira, um carro pode te atropelar!
Quico: Segunda?
Dona Florinda: Você pode apanhar dos vagabundos da rua!
Quico: Terceira?
Dona Florinda: Pode ser assaltado!
Quico: Quarta?
Dona Florinda: Você pode se perder!
Quico: Quinta?
Dona Florinda: Oh, chega, Tesouro!
Quico: Mamãe, você disse que existiam mil razões! Ainda faltam novecentas e noventa e seis!
Dona Florinda: Escuta, Tesouro. Eu vou te dar só mais uma razão. Você não pode ir brincar lá na rua porque eu não lhe dou permissão! [sai da vila]
Quico: [mexe em sua gravata, choramingando] Que droga! Porcaria de vida que também não deixa eu fazer nada! Droga! [grita inarticuladamente enquanto soca o ar, e chuta sua bola em direção ao segundo pátio]
[bola faz barulho, e Chiquinha começa a chorar fora de tela; Quico olha para a tela boquiaberto, e põe a mão na boca]
Chiquinha: Pois fique sabendo que não é verdade, porque meu papai saiu bem cedo e disse que não ia voltar enquanto não conseguisse trabalho.
Quico: Disse que não ia voltar enquanto não conseguisse trabalho, não é?
Chiquinha: [assente] Sim.
Quico: E já faz tempo que ele saiu, não é?
Chiquinha: Sim.
Quico: E não pretende voltar se não conseguir trabalho, pretende?
Chiquinha: [triste] ...Não.
Quico: Chaves, você não é mais o único órfão aqui! [risos]
Chiquinha: Wah! Wah wah wah...
Chaves: [aponta] Olha ele lá.
Sr. Barriga: O quê?! O senhor sabe quê eu fazia pra poder comer?
Chaves: Abria bem a boca pra caber tudo aquilo de comida!
Dona Florinda: E você, cala essa sua boca!
Chiquinha: Mas é que o Quico tá dizendo uma coisa--
Dona Florinda: Mandei calar a boca!
Chiquinha: ...Queria que eu calasse o meu nariz?
Dona Florinda: ...Malcriada!
Chiquinha: Malfeita!
Dona Florinda: O quê disse?!
Chiquinha: A filhinha do Madruguinha disse "com licencinha"! [corre para casa]
Dona Florinda: Hm. Que outra coisa poderia esperar dessa gentalha? E você, Tesouro, deveria lembrar que seu pai pode estar olhando lá de cima.
Chaves: Ou lá de baixo! [levanta as mãos]
Quico: Se você não me deixar-se me levar se eu te dou uma fatia de pão, e joga com o recheado de Quico
Chiquinha: Não com Presunto com pernas!
Quico: [rindo] Olha, Chaves, parece mesmo um presunto com pernas. [ri e para] ...Presunto sem pernas? ...Presunto de bigode? ...Presunto de óculos! Agora sim acertei, não é verdade? ...Presuntinho defumado? ...Não deu!
Chiquinha: Cuidado, a velha coroca!


Chaves - Temporada de 1978
Os Churros de Dona Florinda, Partes 1, 2 e 3 · As Paredes de Gesso, Partes 1 e 2 · Os Chifres Queimados do Professor Girafales · A Mudinha de Cherimoia · Exibição de Ioiôs · As Pessoas Boas Devem Amar Seus Inimigos · A Sobrinha da Dona Clotilde, Partes 1 e 2 · Uma Confusão de Bolos · O Dinheiro Perdido · A Perna Quebrada, Partes 1 e 2 · A Portada na Cara do Chaves · Seu Madruga Sapateiro, Partes 1, 2 e 3 · As Trapaças da Chiquinha · O Concurso de Beleza · O Banho do Chaves · Batendo uma Bolinha · O Escorpião, Partes 1 e 2 · Os Astronautas · Deus Ajuda, Quem Cedo Madruga! · História do Brasil, Partes 1 e 2 · Uma Epidemia de Gripe · A Nova Vizinhança, Partes 1, 2, 3 e 4 · De Gota em Gota, Minha Mãe Fica Louca · Vizinhança Bem Educada · O Violão do Seu Madruga · O Velho do Saco, Partes 1, 2 e 3 · A Escolinha do Professor Girafales
Advertisement