Wiki Chaves
Advertisement
Ser professor é padecer no inferno
Chaves7519 480
Episódio de Chaves
Título Original Examen de admisión
Elenco Roberto Gómez Bolaños
Carlos Villagrán
Ramón Valdez
Florinda Meza
Rubén Aguirre
Edgar Vivar
Maria Antonieta de las Nieves
Versão 1
Exibição 1975
Anterior Os Ladrões/Guerra é Guerra
Próximo Jogando Futebol
Dublagens MAGA: 2 Dublagens:
(1984) - dublagem perdida (Titulada como Bagunça Desorganizada)
(1990)
Studio Gábia: 1 Dublagem (2005) (Titulada como Um Dia de Aula)
Obs.: Na dublagem de 1984, Potiguara Lopes fala 07/09/1822, que é o correto. Na dublagem de 1990, o Osmiro Campos fala 07/09/1922.
A dublagem perdida de 1984 teve um trecho mostrado em um especial do canal colombiano RCN para Carlos Villagrán, em 2010.
Direção Enrique Segoviano

Ser professor é padecer no inferno (no original Examen de admisión) é um episódio do Chaves de 1975.

Sinopse[]

O episódio começa quando Seu Madruga varre o chão e Dona Florinda pega a vassoura tirando o lixo que ele deixou no meio do pátio. Os dois travam uma batalha, que termina com Florinda batendo em Madruga com a vassoura e achando que ele estava colocando o lixo na frente de sua casa. As crianças chegam depois da escola, com Quico dizendo que tirou 10 em geografia e Chiquinha dizendo ao seu pai que ela foi a única que levantou a mão quando o Professor Girafales fez uma pergunta. Chaves diz que o professor perguntou quem não havia estudado. Quico fala para a mãe que, no dia seguinte, eles iriam fazer um exame de admissão por terem sido todos reprovados, e tanto Florinda quanto Madruga manda seus filhos estudarem – e Madruga diz a Chaves que, se ele precisa ser alguém na vida, ele precisa "devorar" os livros. O garoto leva ao pé da letra e acaba comendo uma página do seu livro.

No dia seguinte, o Professor Girafales está na sala de aula quando Dona Florinda chega com Quico, que lhe dá uma maçã. Depois, Chiquinha chega e rouba a maçã do bochechudo, e Florinda dá outra a Girafales. Pópis chega com uma outra maçã e Nhonho traz uma melancia, e este diz que emprestou dinheiro para Chaves para comprar mais uma maçã na quitanda, em troca de quebrar sua cara. Chaves chega na sala de aula chorando e dá duas maçãs comidas para Girafales e depois rouba a fruta do Quico. O professor vai ensinar inglês e Chaves diz que para aprender o idioma é só "dizer as coisas ao contrário", dando como exemplo chamar "menino" de "boi" (sendo que o correto é "boy"). Quico diz que "menina" se diz "boia" e Girafales pergunta a ele como se diz "amarelo" em inglês. O bochechudo diz "amarellow" e Nhonho diz que o correto é "yellow". Chaves discorda de Nhonho, achando que ele falou "gielou" e que o gelo não é amarelo, e sim branco. As crianças discutem, e o professor diz que o Nhonho respondeu corretamente. Girafales diz a Quico que "azul" em inglês é "blue", e o garoto erra ao dizer que "azul escuro" é "blue marinho". O professor começa a ensinar o nome dos animais em inglês, perguntando à Pópis como se diz "coelho" – a sobrinha de Dona Florinda diz que é "rábit". Chiquinha diz a ela que o professor perguntou sobre o coelho inteiro e não o rabinho. A filha de Seu Madruga diz que "cachorro" é "xereta", e Girafales a corrige dizendo que o correto é "dog". Nhonho acerta quando o professor pergunta como se diz "leão", "lion". Quico diz que "gavião" é "gaviáion", e Chaves, ao ser perguntado como se diz "burro", pede a Girafales para perguntar como se diz "professor" em inglês, pois já aprendeu. Chaves responde com "teacher" e "teachár" para professora – Girafales o corrige dizendo que tanto "professor" como "professora" também se diz "teacher", pois é uma palavra que não tem gênero e se diz exatamente igual.

Girafales dá uma aula de história para as crianças: ele pergunta a Nhonho o que Dom Pedro I fez no dia 07/09/1922, e o filho do Seu Barriga diz que ele estava muito doente, sentindo muitas dores e passou a noite inteira dando gritos do Ipiranga. O professor diz que o Grito do Ipiranga é o grito da independência, pois foi dado às margens do Rio Ipiranga. Quico pensa que a Conceição era casada com o Padre Anchieta, e o Professor diz que Anchieta não era casado e Conceição era seu segundo nome. Chaves diz que ele era casado com Portugal, porque Portugal e Anchieta eram "os pais da pátria". O professor pergunta a Chiquinha quem foi o pior inimigo da Princesa Isabel, e ela responde dizendo que foi "o cara que a desenhou nas notas de 50", pois ela tinha ficado um horror. Girafales pergunta a todos quem foi o maior adversário dos Inconfidentes e Quico responde com besteiras, dizendo nomes de times de futebol. O professor começa a falar sobre a Guerra dos Farrapos e Quico diz que isso é com Seu Madruga, pois ele acha que ele esteve no Exército do Farrapos porque era "uma gentalha"; Pópis responde a Girafales que o Tratado de Tordesilhas foi assinado "na parte de baixo da página". O professor pergunta a Quico com que objetivo mataram Tiradentes e o garoto novamente responde com besteiras, Nhonho diz que Borba Gato agonizou antes de morrer e Chaves, ao ser perguntado o que fez Duque de Caxias após tomar Itororó, diz que ele "repetiu". Girafales pergunta ao garoto o porquê do Duque de Caxias ter ficado famoso, e ele responde que ele "tinha uma boa memória", pois viu uma estátua escrito "A memória do Duque de Caxias". Finalmente, Girafales pede a seus alunos para segurarem seus livros. E ele ainda diz que eles serão gente de bem, pessoas honradas e como ele enquanto eles estiverem com o livro nas mãos, e as crianças jogam seus livros no chão.

Atores e Dubladores[]

Atores[]

Dublagem[]

Dublagem Maga (1984)
Maga (1990)
  • Chaves - Marcelo Gastaldi
  • Quico - Nelson Machado
  • Seu Madruga - Carlos Seidl
  • Professor Girafales - Osmiro Campos
  • Dona Florinda/Pópis - Marta Volpiani
  • Nhonho - Mário Vilella
  • Chiquinha - Cecília Lemes
Dublagem Studio Gábia (2005)
  • Chaves - Tatá Guarnieri
  • Quico - Nelson Machado
  • Seu Madruga - Carlos Seidl
  • Professor Girafales - Osmiro Campos
  • Dona Florinda/Pópis - Marta Volpiani
  • Nhonho - Gustavo Berriel
  • Chiquinha - Cecília Lemes

Curiosidades[]

  • Na dublagem perdida de 1984, Chiquinha diz que assistiu um filme em inglês com um cachorro chamado Boomer, possivelmente se referindo ao filme "A Christmas for Boomer" (1979). Na dublagem regular de 1990, ela diz "Xereta", um nome genérico para cachorros, porém possivelmente inspirado pelo cachorro Xereta, um brinquedo comercializado pela Estrela na época (criado pela Hasbro como "Digger the Dog", por volta de 1974). Na versão original, ela diz "Firuláis", um nome comum para cachorros no México, também usado como gíria para cachorros de rua[1] (supostamente uma corruptela do inglês "free of lice", "livre de pulgas").[2]
    • Xereta (grafado "Xerêta") era também o nome com que o personagem Snoopy, da série Peanuts ("Minduim"; originalmente Li'l Folks, ou "Pingo de Gente") foi originalmente publicado no Brasil,[3] em 1963, em uma adaptação feita pelo cartunista Ziraldo, através da Editora O Cruzeiro.[4][5]
    • De fato, um catálogo de brinquedos da Estrela de 1969 mostra que no ano anterior, o Cachorro Xereta fora antecedido pelo "Cachorro Snupi" (que era uma redistribuição brasileira do "Snoopy Sniffer", da Fisher-Price).[6] Isso poderia sugerir que os dois casos tenham referenciado o personagem das tiras de Charles M. Schulz.
  • Chiquinha diz que o maior inimigo da Princesa Isabel de Bragança "foi o cara que desenhou ela nas notas de 50. A Princesa foi estampada nas notas de 50 do "cruzeiro antigo", até 1967. Na década de 1980, quando o episódio foi dublado, ela voltaria a ser estampada, mas na nota de 200 cruzeiros.

Referências Bibliográficas e Notas[]

  1. Asociación de Academias de la Lengua Española (2010). "firulais" (em espanhol) via Diccionario de Americanismos (heraldodemexico.com.mx). Acesso em 07 de abril de 2024.
  2. TORIBIO, Citli (14 de outubro de 2020). "¿Cuál es el verdadero origen del nombre 'Firulais' y qué significa en realidad?" (em espanhol) via El Heraldo de México (heraldodemexico.com.mx). Acesso em 07 de abril de 2024.
  3. BATISTA, Liz (16 de fevereiro de 2024). "Snoopy era “Xereta” quando a turma do “Minduim” chegou ao Brasil. Veja as primeiras tiras" em Estadão (estadao.com.br). Acesso em 07 de abril de 2024.
  4. LEVINO, Rodrigo (27 de agosto de 2010). "‘Peanuts’, a tirinha de Snoopy, Charlie Brown e companhia, completa 60 anos e ganha homenagens" em Veja (abril.com.br). Acesso em 07 de abril de 2024.
  5. Livros Gratis.net (2009). "Pingo de Gente (Charlie Brown) - Edição 01 - Charles Schultz" (livrosgratis.net; arquivado em archive.org). Acesso em 07 de abril de 2024.
  6. CALDATTO, Ana (06 de outubro de 2011). "Antigo brinquedo Cachorro Xereta" via Blogspot (anacaldatto.blogspot.com). Acesso em 07 de abril de 2024.


Chaves - Temporada de 1975
Viva a Independência! · Seu Madruga Pega no Batente - Parte 1 · História de Pianista/Seu Madruga Larga o Batente - Parte 2 · Uma Troca Muito Justa - Parte 3 · O Primo do Seu Madruga · Tocando Violão · O Envelope Perdido · Lavagem Completa · Confusão de Bilhetes · Chiquinha, o Terror do Cortiço · O Papagaio do Quico · A Fonte dos Desejos · Brincando de Bombeiros · O Belo Adormecido · Posso não Emprestar o que é Meu, mas dos Outros... · O Aniversário do Quico · Era Uma Vez Um Gato, Partes 1 e 2 · A Morte do Seu Madruga · Os Ladrões/Guerra é Guerra · Ser Professor é Padecer no Inferno · Jogando Futebol · O Livro da Chiquinha · Mal-Entendidos · O Dia Internacional da Mulher - Parte 1 · Não é Fácil Roubar/A Chegada das Novas Vizinhas - Parte 2 · O Namoro do Seu Madruga - Parte 3 · Se Beijo Fosse Sapinho, o Mundo Seria um Brejo! - Parte 4 · Estourando Balões · O Trocador de Lâmpadas · Vamos Brincar de Carrinhos? · Assistindo ao Jogo · A Casa da Bruxa · O Primeiro Dia de Aula, Partes 1 e 2 · O atropelamento · O Banho do Chaves · Regando Plantas · Quem com Catapora Fere, com Catapora Será Ferido! · Os Insetos do Chaves
Advertisement