Wiki Chaves
Advertisement
Um Astro Cai na Vila - Parte 2
Chaves7910 480
Episódio de Chaves
Título Original El actor Héctor Bonilla - Parte 2
Elenco Roberto Gómez Bolaños
Ramón Valdez
Florinda Meza
Ruben Aguirre
Angelines Fernández
Maria Antonieta de las Nieves
Hector Bonilla*
Versão 1
Exibição 1979
Anterior Um Astro Cai na Vila - Parte 1
Próximo Guerra às Crianças
Dublagens MAGA: 1 Dublagem (1990)
Obs.: Hector Bonilla aparece na vila, interpretando a si mesmo
Direção Roberto Gómez Bolaños

Um Astro Cai na Vila - Parte 2 (no original El actor Héctor Bonilla - Parte 2) é um episódio de Chaves de 1979. É o segundo episódio da saga de Hector Bonilla na vila, sendo que a primeira é perdida na maioria dos países.

Sinopse[]

Dona Florinda, Dona Clotilde e Chiquinha assistem hipnotizadas a uma novela estrelando Hector Bonilla. O ator aparece na vila e conversa com Chaves. Ele diz ao moleque que o pneu de seu carro furou e que ele precisa de um macaco. Dona Clotilde pega um autógrafo e recebe um beijo, desmaiando. Seu Madruga aparece e socorre a senhora. Chiquinha entra em sua casa e flagra Bonilla lá e acaba o xingando, antes de perceber quem é. Ela sai alegre e pede que Chaves a belisque. Ele o faz e ela percebe que está acordada. Chaves diz que Hector é seu amigo e Chiquinha sem acreditar volta a sua casa. Bonilla diz que pediu um macaco emprestado ao Madruga, mas este o emprestou ao vizinho do 84. Hector diz que está com pressa, pois está filmando um filme. Ele pede que a garota vá procurar seu pai, que a princípio nega, mas ela vai depois do ator insistir. Clotilde bate na porta e entra na casa de Dona Florinda. Ela se gaba de ter falado com Hector Bonilla, mas Florinda a chama de bêbada e ela vai embora. Hector aparece no pátio e dá uma moeda para Chaves vigiar seu carro. Florinda aparece e acaba desempoeirando um tapete em Hector. Ele se apaixona e leva Hector para sua casa. Chiquinha e Madruga voltam para casa, mas não acham o ator. Na casa de Florinda, Hector bebe uma xícara de café, Chaves volta e procura pelo ator. Chaves entra na casa de Florinda e pede mais uma moeda. No pátio, o Professor Girafales chama Madruga de bêbado quando este pergunta sobre Bonilla. O Professor entra na casa de Florinda e se surpreende ao ver Hector por lá, mas se zanga ao perceber o interesse de Florinda pelo ator. Chaves volta e pede mais uma moeda. Madruga pergunta ao garoto sobre Hector, e ele responde que está na casa de Florinda. Madruga entra e Hector se assusta pensando que é uma arma. Madruga diz que cobra o aluguel adiantado, e Bonilla diz que só tem uma moeda de 50 centavos. Antes que Madruga pegue, Chaves aparece e a pega. Hector diz que não tem mais nenhum dinheiro, mas Girafales dá o dinheiro e diz ter comprado a ferramenta. Florinda diz que o Professor trocará o pneu. Depois de um tempo, Clotilde aparece com um bolo e entra na casa de Florinda, onde Hector conversa com Chiquinha e toma café. O Professor reaparece cansado e sujo. Depois de um tempo, as mulheres assistem a novela e Florinda diz que não tem motivos para Hector retornar a vila. No pátio, Hector aparece e deixa uma bola de futebol no barril do Chaves.

Elenco e Dubladores[]

Elenco[]

Dubladores[]

Assista ao episódio[]

Chaves_-_Um_astro_cai_na_vila_(1979)_-_Alta_Qualidade_-_SBT_HD

Chaves - Um astro cai na vila (1979) - Alta Qualidade - SBT HD

Curiosidades[]

Citações[]

narrador: "Um Astro Cai na Vila"
Hector (na TV): Entre!
narrador: E vejam quem chegou
Chaves: Você é meu amigo?
narrador: Vamos ver que
Seu Madruga: Olha, Chaves! É o Hector Bonilla!
Chiquinha: Você é mesmo o amigo do tonto do Chaves?
Chiquinha: E você é amigo do meu papai?
Hector: Não.
Chiquinha: Não?
Hector: Sim, é por isso que eu estou aqui, eu preciso de um macaco.
Chiquinha: E acha que o meu pai tem cara de macaco?
Hector: Não, eu... eu... eu... Eu estava falando de macaco mecânico, daqueles que servem para levantar os carros.
Chiquinha: Ah! Ah, o meu pai tem um!
Hector: É, ele tem, mas ele emprestou para o vizinho do 84.
Chiquinha: Não, acho que não.
Hector: Verdade!
Chiquinha: Não, ele deve ter alugado.
Hector: Ah bom.
Chiquinha: Hector, e você é mesmo amigo do tonto do Chaves?
Hector: Sim, eu sou. Pois é, pois é, pois é, pois é.
Chiquinha: Escuta, onde foi que aprendeu isso?
Hector: Ah, isso de "Pois é, pois é, pois é, pois é"?
Chiquinha: Sim! Onde foi que aprendeu?
Hector: Não sei! Acho que copiei de algum lugar.
Chiquinha: De algum programa de televisão?
Hector: Isso, isso, isso, isso!
Chaves: Você tem alguma coisa?
Chiquinha: Tudo!
Dona Clotilde: A senhora nem imagina com quem estive conversando agora há pouco.
Dona Florinda: Não me diga que com o diabo!
Dona Florinda: Olha... Já bebeu toda a garrafa ou sobrou um pouco pra mim?
Dona Florinda: Que milagre aparecer por aqui.
Hector: É que eu estou sem macaco no carro, então--
Dona Florinda: Ai, obrigada.
Hector: "Obrigada"?
Dona Florinda: Não gostaria de entrar e tomar uma xícara de café?
Hector: Eu gostaria muito, mas eu estou esperando o macaco.
Dona Florinda: Ah, mas não é nenhum incômodo, queira entrar.
Hector: Mas é que se-se o macaco chegar, eu-eu vou precisar entrar pra-pra-- Ai!
Dona Florinda: Entre, entre por favor.
Dona Florinda: Ai, só posso mesmo estar sonhando.
Chaves: Vamos ver. [belisca]
Dona Florinda: [grito]
Chaves: Não, não está sonhando. [pega moeda de Hector] Obrigado!
Prof. Girafales: O senhor está bêbado?
Seu Madruga: Não, e o senhor?
Prof. Girafales: Eu sou abstêmio.
Seu Madruga: Bom, e o que tem a ver a religião?
Seu Madruga: Não seja tonto! Perguntei se o...
Prof. Girafales: Quê?!
Hector: Muito prazer.
Prof. Girafales: Lamento não poder dizer o mesmo.
Dona Florinda: Professor Girafales!
Prof. Girafales: Dona Florinda! E o senhor, posso saber por que causa, motivo, razão, ou circunstância se encontra na residência dessa dama?
Hector: Pela causa, razão, e circunstância de que... vai lá se saber.
Seu Madruga: Desculpa ter demorado tanto mas é que o vizinho do oitenta e macaco não encontrava o quatro- Digo, o vizinho do 84 não encontrava o macaco. Mas aqui está.
Hector: Ah. [tenta pegar macaco, mas Seu Madruga afasta]
Seu Madruga: Só que... Só que tem... Eu costumo cobrar o aluguel adiantado.
Hector: [olha para a tela]
Seu Madruga: Não que eu seja desconfiado, mas "atores vemos, costumes não sabemos", não é? Então... adiantado.


Chaves - Temporada de 1979
Vamos ao Cinema? · É Duro Ser Eletricista! · O Dia dos Namorados - Parte 1 · O Dia de São Valentim - Parte 2 · Tortinhas de Merengue Sem Açúcar· Nas Pontas dos Pés· O Livro de Animais· A Catapora· Um Astro Cai na Vila, Partes 1 e 2· Guerra às Crianças· O Cachorrinho · A Prova de Aritmética· O Dia da Criança· Um Banho Para o Chaves· Santa Ignorância· Peixe Cru Faz Bem Pra Memória· Uma Aula de História· O Chiclete e o Paletó· O Cãozinho Satanás· O Último Exame· A Fonte dos Desejos· Os Penetras - Parte 1· Dona Florinda Abre um Restaurante - Parte 2· Dando Sorte Com Muito Azar· O Restaurante de Dona Florinda· A Aula de Matemática· Chaves, o Engraxate, Partes 1 e 2· O Estilingue· O Restaurante da Dona Florinda· Tem Uma Mosca no Meu Café· Na Escola... Domingo· Cuidando de Dona Florinda· Nasce Uma Bisavó· Uma Ajuda Para a Cruz Vermelha· O Parque de Diversões, Partes 1 e 2· O Sonho Que Deu Bolo· Eu Sou a Mosca Que Caiu na Sua Sopa· Caça ao Rato, Partes 1 e 2· Reivindicação salarial para o Chaves· O Bolo· Os Gatinhos de Chaves· Os Hóspedes do Sr. Barriga, Partes 1, 2, 3 e 4· Antes Um Tanque Funcionando Que Uma Lavadora Encrencada
Advertisement